Notícias sobre a atriz Anna Kendrick
Anna Kendrick Brasil
Melhor fonte sobre a atriz Anna Kendrick

Anna Kendrick concede entrevista para “Los Angeles Magazine”

Anna Kendrick tem vários sentimentos sobre Taco Bell, Emily Ratajkowski e Padarias Sensuais.

A atriz está cotada a ser um best-seller com sua coletânea de dizeres com muito humor.

Uma quase onipresença pode ser uma sentença de morte até mesmo para celebridades ganhadoras (estamos falando de você, Anne Hathaway). Mas onipresença ainda há de trair Anna Kendrick. A atriz indicada ao Tony Awards e ao Oscar, de 31 anos, mudou-se para LA do Maine quando ainda era adolescente, no último ano esteve em 6 filmes, 5 vezes mais que em 2003. Seus tweets em que ela ri de si mesma, tornaram-se uma lenda, e toda entrevista que ela dá só mostra mais que Anna Kendrick é gente como a gente. (Ela sobreviveu comendo somente sorvete de coco e salgadinhos durante os primeiros meses em LA, assim como você provavelmente.)

Tal simpatia, só pode trazer coisas boas para essa primeira coleção de dizeres, Scrappy Little Nobody (lançamento em 15 de novembro nos EUA), pelos quais ela conta histórias de sua vida sexual, carreira, altos e baixos, e seu passado em LA. O livro mostra como ela cresceu na rede social, e ao mesmo tempo que ela conta de tudo (é sobre a minha vida toda, ela sussurra) não conta de tudo não. Aqui ela fala sobre sua fantasia em um grupo de A Capella e tudo sobre os nachos do Taco Bell.

 

ENTREVISTA

Trilha sonora para um filme falando da sua vida:

Casa de Tijolos (Brick House)

O que?

Sem hesitação

Porquê então?

Você sabe aqueles CD com uma coMpilação que são usados em propagandas de TV? Eu comprei “Pure Funk”, e uma das primeiras músicas era “Brick House”. Eu fiquei tipo, “esse é o melhor pedaço de música que vou ouvir na vida, e eu quero que esse seja o tema da minha vida imediatamente, mesmo que a música fale de alguém completamente o oposto de mim: uma mulher voluptuosa, forte, atlética e que provavelmente não é branca. Mas no meu coração eu me sinto com uma casa de tijolos.

No seu livro, você fala que se atuar não tivesse dado certo, você provavelmente seria uma estrela pornô hipócrita. Qual seria seu nome de trabalho?

De acordo com o jogo – o nome do seu primeiro animal de estimação e a rua que você cresceu – eu seria Pixie Fuller. É um nome um pouco pesado, por isso funcionaria.

Você cozinha. Uma sobremesa que melhor representa LA?

Um bolo princesa sueca.

Alguém assiste “The Great British Bake Off”.

Eu assisto sim, mas eu fiz o bolo princesa sueca antes do programa, eu tinha uns 21 ou 22 anos.

Isso é incrível!

Foi uma das coisas mais difíceis que fiz na vida, eu acho.

Porque LA é como este bolo?

Porque é tipo uma esponja super leve com um creme super leve também e um pouco de geleia de frutas. É açúcar em cima de açúcar, em cima de açúcar. Não tem nenhum ingrediente diferente disso no bolo – tipo, não tem como dizer que o sabor de amêndoas em um marzipã corta o sabor do açúcar? Porque é puro açúcar também.

Nome de uma confeitaria em LA que um publicitário jamais aprovaria?

Estamos indo então para uma conversa de duplo sentido?

Sempre.

Ok, entendi. Quando eu cozinhava bastante, teve um tweet que eu pensei, onde as páginas do meu livro de receitas estavam grudadas, porque quando você cozinha você deixa tudo sujo. Eu fiquei tipo, oh, isso que os homens pensam sobre as revistas pornográficas. Ninguém achou graça, só eu. Então pensei, ” eu curto tanto confeitaria que as páginas do meu livro de receitas estão grudadas.”? É aquele tipo de piada que você precisa explicar, e esse é o melhor tipo de comédia.

Um resumo da sua vida em forma musical estréia hoje no Pantages. Como se chama?

Mudança vertical. Ou Matinê em cinema ao ar livre.

Matinê em cinema ao ar livre?

Calma, calma, calma…Quando eu tinha nove anos, eu imaginei que se um dia eu lançasse um CD com músicas Indie Rock, se chamaria assim – porque você não poderia ir a uma Matinê em um Cinema ao Ar Livre. Eu achei que estava sendo muito esperta.

Quem interpretaria você?

James Marsden, porque eu tenho um desejo sujo em ver ele com salto alto. Isso é estranho? Ele despertou algo assim em alguma outra pessoa?

Em mim, quando ele fez HairSpray. Por isso eu te entendo. 4 pessoas que você recrutaria para um grupo ACapella?

Adam Lambert, que foi um dos meus primeiros amigos em LA. Ele fez minha maquiagem na noite que a gente se conheceu. E cinco anos depois eu descobri que ele cantava. Deixa comigo, eu não sabia disso. Steve Martin parece ser muito musical, e nós devemos ter alguém com teorias musicais. Kelley Jakle, que é uma das heroínas de Pitch Perfect. Ela sempre sabe a parte de todo mundo, por isso ela faria todo o trabalho desse tipo. E talvez, Emily Rarararara…?

Ratajkowski? A modelo?

Sim, a modelo que eu fico nervosa em falar o sobrenome. Eu não sei nem se ela canta, mas se nosso grupo passasse por um acidente de trem, ela ficaria em cima do palco, em um saco de lixo ou uma caixa de papelão, gritando “isso é muito divertido, eu estou amando.”

Alguma celebridade que você trabalhou que você gostaria que fizesse uma serenata pra você?

Rebel Wilson, com certeza! Eu já ouvi muita gente com técnicas musicaIs muito boas na minha vida, e tem vezes que você simplesmente quer uma australiana apaixonada que jogue coisas como um tom ou uma nota para dentro da janela em favor de uma emoção. Não é que ela não saiba cantar, é porque ela não deixa que a mensagem fique no meio do caminho.

Você ama Taco Bell. E também Ariana Grande. Nachos BellGrande ou Ariana Grande?

Eu cometi diversos homicídios para deixar certos itens do menu do Taco Bell no mundo. Mas. Comer Nachos enquanto dirigia: arriscado. Comer Nachos em casa: solitário. Ariana Grande: sempre perfeita. Portanto Ariana Grande, e eu vou continuar com o meu Gordita Crunch. É a comida perfeita, pois tem todas as texturas.

Um personagem Disney que seria o menos chato paparazzo?

O gato Robin Hood, o qual é estranhamente lindo. Ele é mais atraente que o Príncipe Eric. Ele seria super charmoso, e eu ficaria tipo: “oh Robin Hood seu gato, todos os outros te deram um nome terrível. Você é um dos bonzinhos, não?”

 

Fonte: Los Angeles Magazine

Deixe um comentário

Visite nossa galeria