Notícias sobre a atriz Anna Kendrick
Anna Kendrick Brasil
Melhor fonte sobre a atriz Anna Kendrick

Anna Kendrick abre o jogo sobre o seu novo livro

Anna Kendrick já está acostumada à vida sob holofotes.

Desde o seu papel como a amiga invejosa de Bella, a Jessica, na Saga Crepúsculo, ao seu filme com George Clooney, Amor Sem Escalas, até, por fim, ao lançamento da sua carreira musical como Becca em A Escolha Perfeita, a atriz passou boa parta de sua vida crescendo em frente às câmeras — e agora ela está pronta para contar ao mundo como foi isso.

No seu novo livro, Scrappy Little Nobody, que acabou de ser lançado, Anna conta tudo, desde as pessoas com quem contracenou até a forma com que lida com os repórteres, ela até mesmo compartilha um pouco dos seus planos para o futuro.

No entanto, antes do público colocar as mãos no livro, Anna conversou com o E! News e concedeu uma entrevista exclusiva sobre como ela espera que as pessoas reajam ao seu livro e como é ser rotulada como “alguém relacionável.”

“Eu acho que vai ser uma boa válvula de escape para pessoas que estão procurando se divertir em tempos sombrios,” a estrela de O Contador nos disse, garantindo que existem histórias embaraçosas de todas as etapas de sua vida que vão fazer com que os fãs deem boas gargalhadas.

Quanto ao que você pode esperar encontrar na leitura? Anna, surpreendentemente, contou algumas coisas sobre as pessoas com quem já contracenou.

“Eu mencionei o Chris Pine três vezes,” ela disse. “Eu o amo tanto.”

Chris não está sozinho, ela também fala sobre como foi trabalhar com Ben Affleck, Aubrey Plaza e sobre como foi beijar o Orlando Bloom.

“Eu queria que a Anna de 15 anos de idade percebesse que eu estava beijando o Legolas,” ela brincou ao contar que foi cuidadosa com o rosto dele, “Eu tive que ter certeza que não iria estragar o ganha pão dele.”

A atriz também contou como foi trabalhar com Zac Efron, à quem ela comparou com Charles Manson.

“Eu tenho um interesse mórbido pelo Charles Manson,” ela disse. “Sempre me perguntei o que tornava o Mason tão carismático. Até que eu conheci o Zac e entendi.”

“Sou grata pelo Zac não ter pedido à mim ou à ninguém para assassinar alguém por ele, porque eu provavelmente faria”, ela brincou.

Quanto à como ela se sente em relação à sua família descobrir os detalhes íntimos e menos engraçados da vida sexual? Ela tem tudo sob controle.

“Eu mandei, para os meus pais e o meu irmão, cópias com alguns bilhetinhos, indicando as partes que deveriam pular, para que não lessem nada que pudesse os traumatizar,” ela riu. “Eu enviei umas cópias especiais, com alguns capítulos de fora.”

Com os fãs, no entanto, ela ainda está se preparando mentalmente para quando a ficha cair.

“Tudo que está nesse livro eu tive que ter certeza que seria tranquilo para qualquer pessoa do mundo ser capaz de ler,” ela disse. “É uma daquelas coisas que, no papel, eu entendo, mas eu imagino que emocionalmente será surpreendente.”

Se você está preocupado com a possibilidade de Anna mudar o seu lado cômico e se tornar super séria — não precisa. O seu senso de humor negro ainda não foi à lugar nenhum, o que ela fez questão de nos lembrar quando a perguntamos sobre o porquê ela não quer ter filhos.

“Se eu tiver filhos, vai ser apenas outra criança que o seu filho vai ter que lutar quando a guerra pela água chegar,” a atriz disse. “O apocalipse zumbi está chegando e, com os meus genes, eu não acho que eles sobreviverão.”

“Ele serão a comida de alguém,” ela riu.

 Fonte: E! Online.

Deixe um comentário

Visite nossa galeria